WAY

15 jan

Torre Oscar Niemeyer

Em setembro de 2010, iniciaram as obras de expansão do conjunto arquitetônico da Fundação Getulio Vargas (FGV) em Botafogo. As novas instalações representam um marco histórico e arquitetônico à cidade do Rio de Janeiro.

A segunda torre do complexo encontra-se no mesmo endereço da FGV e terá um aspecto semelhante ao edifício já existente. Ela será batizada como: Torre Oscar Niemeyer, quase 70 anos depois da concepção do projeto original, pelo próprio arquiteto.

Niemeyer criou em 1944 os desenhos dos edifícios da FGV. A primeira torre, com 15 andares, foi inaugurada em 1968, mas o restante só saiu do papel recentemente, com algumas modificações feitas no projeto original para adaptação aos padrões atuais de eficiência energética e sustentabilidade. Visualmente, foi mantida a fachada com colunas de janelas escuras, mantendo a sintonia com as linhas do edifício sede e dentro de um conceito urbanístico que prevê a perfeita harmonia com prédios próximos e a paisagem local.

Torre Oscar Niemeyer - Vista para praia de Botafogo

Desde 1983, o projeto de estruturação urbana de Botafogo limitava em três andares os novos edifícios comerciais. Em 1999, a prefeitura apoiou uma legislação específica na Câmara permitindo a obra, mas que foram interrompidos por uma disputa judicial com a associação dos moradores do bairro. A FGV só ganhou a causa em 2009.

Erguido em um terreno de 08 mil metros quadrados, ao lado da sede da FGV (Edifício Luiz Simões Lopes), a nova torre comercial do complexo terá 19 andares, dois subsolos, um centro cultural com três pavimentos, que abrigará salas de estudo, auditório e espaço para exposições.
Contando com o fácil acesso ao transporte público, como ônibus e metrô, além de estar localizado a menos de 15 minutos do Aeroporto Santos Dumont e a cerca de 30 minutos do Aeroporto Internacional Tom Jobim, o complexo encontra-se em uma região provida de grande quantidade de serviços, comércio, agências bancárias e restaurantes.

A Torre Oscar Niemeyer tem previsão de receber Certificado LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), critério voluntário, criado pelo United States Green Building Council (USGBC), para desenvolvimento deedifícios de alta performance e ambientalmente sustentáveis.

Detalhes do empreendimento:

• 19 Pavimentos, sendo 1.083 m² por andar. Totalizando 20.927 m² de área útil;
• Elevadores inteligentes;
• Sistema de economia de água nos sanitários;
• Vidros de Alta Performance;
• Sistemas de segurança patrimonial por meio de controles de acesso;
• Circuitos fechados de TV e Alarme perimetral;
• Previsão de Certificação LEED;
• Auditório com capacidade para cerca de 1.000 pessoas;
• Estacionamento com 500 vagas.

Endereço: Praia de Botafogo, 186 – Botafogo – Rio de Janeiro

Torre Oscar Niemeyer - Vista Auditório

Fonte: CBRE / O Estado de S.Paulo

Postado por admin às 10h30

Deixe seu comentário

Comentario
*

1 Comentário

Fabiane

Matéria muito interessante!

17 de janeiro de 2014